GUIMARÃES: CONQUISTA A CIDADE BERÇO

Deixa-te embalar pela cultura e pela história de Portugal, prova o toucinho e sobe ao céu na Penha.

Assim que chegares a Guimarães faz o ‘check-in’ na Pousada de Juventude, uma casa senhorial recuperada, cheia de pormenores, espaços de convívio (interiores e exteriores) e muitas histórias para descobrires.

A Pousada tem uma localização perfeita para começares a explorar a cidade a pé. Fica em pleno Centro Histórico de Guimarães, classificado pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade em 2001.

A poucos minutos da Pousada, está o Largo da Oliveira com as suas várias esplanadas. Senta-te numa delas e garantimos-te que num instante te vais sentir em modo férias e começar a entrar no espírito e na história da cidade.

Para jantar, a oferta de restaurantes no centro é tanta que te vai deixar indeciso. Aproveita para experimentar uma das muitas especialidades gastronómicas, como o bucho, o cabrito ou o bacalhau assado. Não te esqueças das sobremesas, o toucinho-do-céu e as tortas de Guimarães são doces obrigatórios. E no dia seguinte vais ter oportunidade de recuperar a linha…

No final do jantar consulta a agenda cultural, com sorte ainda tens tempo para assistir a um espetáculo no Centro Cultural Vila Flor.

Depois de uma noite bem passada, desce para desfrutar de um bom pequeno-almoço, já incluído com o alojamento. Se o tempo ajudar, podes tomá-lo numa das esplanadas que a Pousada de Juventude de Guimarães tem à tua disposição.

Depois, não percas tempo! Mune-te do mapa oferecido no ‘check-in’, sobe à colina sagrada e começa pelo Castelo que fica na parte mais alta do Centro Histórico, onde estão concentradas quase todas as atrações turísticas.

Quando saíres do Castelo, quase em frente, encontras a Igreja de São Miguel. De acordo com a lenda, foi aqui batizado o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, e conserva-se a (pretensa) pia batismal utilizada na cerimónia.

De seguida, desce um pouco mais para conheceres o Paço dos Duques de Bragança. Mandado edificar por D. Afonso – futuro Duque de Bragança, filho bastardo do Rei D. João I -, serviu de residência à sua segunda mulher, D. Constança de Noronha. Aqui, aproveita e compra o bilhete conjunto – Paço e Museu de Alberto Sampaio.

Para José Saramago, este foi um dos museus “mais belos” que visitou. Entre as muitas peças que poderás observar, está o loudel que D. João I envergou na Batalha de Aljubarrota!

Quando saíres do museu, já se começa a sentir o cheirinho das iguarias que se servem para almoço no Largo da Oliveira e na Praça de Santiago. Só tens de escolher!

Para uma boa digestão, faz uma pequena caminhada até à Casa da Memória, onde ficarás a compreender melhor a história de Guimarães e a perceber o que distingue e identifica a sua comunidade.

Depois segue para ver a mais recente exposição da Plataforma da Artes, localizada no antigo mercado de Guimarães. Ainda deverás ter tempo para visitar os ateliês de olaria e bordados da Oficina e, quem sabe, levar contigo uma obra-prima feita por ti.

Para terminares o dia em beleza, apanha o teleférico que te leva até à Montanha da Penha. Lá no cimo, além de uma vista extraordinária (às vezes consegue mesmo ver-se o mar) e do Santuário, há natureza para explorar, um conjunto de rochas monumental e um pôr-do-sol imperdível.

Queres ver mais? Podes ainda visitar a Citânia de Briteiros (ruínas arqueológicas de um povoado de origem pré-romana), ir “a banhos” nas termas das Caldas das Taipas, visitar o “Campo da Ataca” (onde, reza a tradição, ocorreu em 1128 a Batalha de São Mamede e teve início a independência de Portugal) ou o Mosteiro de S. Torcato (um dos primeiros evangelizadores da Península Ibérica), tudo isto a poucos quilómetros de Guimarães.

Para ficares a conhecer bem a cidade, o melhor é reservares pelo menos duas noites!

 

Pousada de Juventude de Guimarães
Preço por pessoa/noite: a partir de €11, com pequeno-almoço incluído

 

2018-02-27T19:06:43+00:00

Leave A Comment